Passagem do transporte coletivo de Castro, no PR, sobe para R$ 2,45

Noticias Recentes

Os passageiros do transporte coletivo de Castro, na região dos Campos Gerais do ParanáParaná começam a pagar mais caro pela tarifa de ônibus a partir desta quinta-feira (6).

O preço da passagem passou de R$ 2,30 para R$ 2,45. De acordo com a prefeitura, há dois anos o valor não era reajustado. A nova tarifa foi definida seguindo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2013.

Em setembro do ano passado, o município e a empresa realizaram uma audiência pública para discutir um novo itinerário dos ônibus. Só a partir da discussão com a comunidade, a prefeitura aprovaria o reajuste da tarifa. O novo valor, que vem sendo discutido desde 2012, foi autorizado no fim de janeiro de 2014.

Ainda segundo a prefeitura, se fosse levar em conta o último INPC, a tarifa ficaria em R$ 2,48. No entanto, a dificuldade no troco fez com que o município arredondasse o valor. De acordo com o consultor jurídico da VCC, responsável pelo transporte público da cidade, Marcos Müller Cwiertnia, o aumento não corresponde ao custo real do transporte em CastroCastro.O consultor explica que, desde o último reajuste, em 2011, a empresa renovou a frota de veículos, que chega em torno de 20 carros, e fez a adaptação para cadeirantes. Além disso, a VCC teve de arcar com o aumento no diesel e no salário dos funcionários. “O preço que começa a valer nesta quinta-feira não corresponde nem a reposição inflacionária. Foi feita apenas uma correção monetária da tarifa. Se fôssemos contar todos os custos, a passagem ficaria em mais de R$ 3”, comenta.

Desde o dia 5 de janeiro, o transporte coletivo de Castro está com horários e itinerários de ônibus alteradosDesde o dia 5 de janeiro, o transporte coletivo de Castro está com horários e itinerários de ônibus alterados. A mudança atende as necessidades da população, que foram discutidas em audiência pública. O novo itinerário inclui quatro linhas principais, sendo uma circular, que contornará toda a periferia da cidade, e outras diretas entre a Vila Rosário, Jardim Bela Vista, Cantagalo e Araucária até o Centro do município.

Conforme a VCC, são 15 linhas no total, incluindo 11 linhas pontuais, que atendem a demanda de passageiros em horários e pontos específicos. Ainda segundo a empresa, a alteração foi realizada no período de férias para dar tempo de fazer adaptações antes da volta às aulas. Nesta quarta-feira, mais de 7,5 mil alunos da rede municipal voltaram de férias.