Câmara anuncia devolução de R$ 415 mil à Prefeitura de Pinhão

Pinhão

A Câmara Municipal de Pinhão devolveu aos cofres públicos municipais no início da última semana, um total em dinheiro no valor de R$ 415 mil.

O valor representa 15,37% do orçamento total do ano de 2015, que é de R$ 2 milhões e 700 mil.

Com o valor repassado pelo legislativo ajudou a complementar o pagamento do 13º salário dos funcionários públicos, que foi pago no último dia 17 de dezembro.De acordo com o presidente Osvaldo Lupepsa, o Deco, somando com os impostos o valor chega nos R$ 500 mil. Ele quer dizer que o município recebeu mais R$ 86 mil de imposto de renda retido na fonte dos vereadores e servidores do legislativo.

A decisão do Legislativo não é, porém, sinônimo de solidariedade. Uma lei determina que o dinheiro do orçamento municipal que não tenha sido usado pela Câmara ao longo do ano seja devolvido ao Município em dezembro. Quando o ano termina, a Câmara precisa devolver à Prefeitura todo o dinheiro que não tenha sido gasto. Em algumas cidades os vereadores promovem gastança, comprando um monte de coisas desnecessárias, inclusive veículos.“Aqui em Pinhão entendemos que a devolução do dinheiro à Prefeitura beneficia toda a população. Durante o ano também repassamos para o executivo dois carros. Um para a saúde e outro para o gabinete do prefeito”, lembra.

O vereador e presidente da Casa, diz que o dinheiro é resultado de economias de verbas públicas feitas ao longo do ano. “Fizemos ajustes para poder economizar. Com o mesmo orçamento do mandato passado com nove vereadores conseguimos manter os 13 atuais. Só foi possível com controle nos gastos”.

Fechamento contábil

Segundo os números enviados pelo contador Tadeu Luis Komar, do fechamento contábil de 2015, a Câmara Municipal de Pinhão trabalhou com um orçamento total no ano de R$ 2.700.000,00 e o total das despesas legislativas foram de R$ 2.305.494,88. Assim, a devolução de transferências ficou em R$ 394.505,12, tendo como rendimento em aplicação financeira de R$ 20.610,36, somando um total de devolução em dinheiro ao executivo no valor de R$ 415.115,48.

Esse valor adicionado com o recolhimento aos cofres do município do Imposto de Renda retido na fonte dos vereadores e servidores da Câmara no ano de 2015 (R$ 86.503,19) soma uma devolução de orçamento de R$ 501.115,48.

Os 501 mil adicionados com o valor dos dois veículos repassados ao executivo (um Polo 2011/2012 de R$ 31.000,00 mais um Gol 2011/2012 de R$ 30 .000,00) chega a R$ 562.115,48.

Por assessoria